Biblioteca de Arte Equestre

Biblioteca de Arte Equestre D. Diogo de Bragança

Instalada no Palácio Nacional de Queluz a Biblioteca Equestre D. Diogo de Bragança, 8º Marquês de Marialva, assim denominada em homenagem a este distinto cavaleiro e especialista em Arte Equestre, reúne um expressivo número de obras sobre o tema, incluindo algumas da sua autoria, e é a única biblioteca nacional dedicada exclusivamente a esta arte.

O espólio bibliográfico, outrora propriedade de D. Diogo de Bragança, foi adquirido em 2014 pela Empresa Parques de Sintra – Monte da Lua, S.A., com a intenção de o associar à Escola Portuguesa de Arte Equestre, dotando o Palácio Nacional de Queluz de uma biblioteca única no género em Portugal.

D. Diogo de Bragança nasceu em 1930, no Palácio do Grilo, em Lisboa, cidade onde faleceu em 2012. Dedicado à cultura, tinha uma formação eclética. Licenciou-se em Direito pela Universidade de Lisboa e fez o curso geral de composição do Conservatório Nacional. Seguindo o exemplo do seu antepassado, D. Pedro José de Menezes Noronha Coutinho, 4º Marquês de Marialva, Estribeiro-Mor do Reino e uma referência da história da Arte Equestre em Portugal, tornou-se, igualmente, um profundo conhecedor da matéria. Nuno de Oliveira, vulto do ensino da equitação moderna em Portugal, reconhecido internacionalmente, afirmava ter sido D. Diogo de Bragança um dos seus melhores alunos, considerando-o um dos raros cavaleiros que conhecia capaz de abordar as altas dificuldades da Arte Equestre com a maior finura.

Foi, também, lavrador e ganadeiro e autor de interessantes obras sobre equitação, imprescindíveis para o conhecimento desta arte a que dedicou toda a sua vida, reunindo um espólio notável na sua biblioteca particular, atualmente disponível ao público.

A Biblioteca é composta por cerca de mil e quinhentas obras impressas e manuscritas, algumas das quais de grande valor e raridade, publicadas entre os séculos XVI e XX.

Criada a partir do espólio de D. Diogo de Bragança, a Biblioteca de Arte Equestre tem vindo a ser enriquecida através de novas aquisições e doações de obras da especialidade e disponibiliza, desde novembro de 2017, um catálogo online, com acesso livre a partir da página da Parques de Sintra ou diretamente em http://bibliotecaarteequestre.parquesdesintra.pt. Com esta ferramenta de pesquisa, a Biblioteca de Arte Equestre permite que o conhecimento e o acesso à coleção seja mais eficiente, alargando o universo de utentes constituído por investigadores, estudiosos e curiosos da arte equestre.

Os nosso espetáculos

Veja a nossa agenda com todos os eventos
agendados da EPAE.